*Clipping

PSDB-SP – 07/04/2016

O governo Dilma Rousseff mostrou mais uma vez que o que se fala não escreve e autorizou aumento médio de 7,5% na tarifa de energia dos consumidores atendidos pela CPFL. A alta será de 6,56% para as indústrias e de 8,23% para as residências.

Para o deputado federal Vanderlei Macris, o governo aprova a medida em hora indevida e sem levar em consideração todo o sofrimento já infligido aos brasileiros pela crise econômica causada pelo próprio governo Dilma.

“Nesse momento delicado pelo qual a maioria dos brasileiros passa, com tantos desempregados, muitos trabalhadores com salários reduzidos para se manterem nos empregos e com dificuldades de comprar alimentos da cesta básica, o governo mais uma vez demonstra que pouco se importa com os brasileiros. A energia elétrica é um item básico das famílias e como a situação da produção de energia do país está mais favorável, não se justifica a autorização desse aumento”, afirmou o deputado.

 A CPFL Paulista atende a mais de 4 milhões de consumidores em 234 municípios do interior de São Paulo, entre eles Campinas, Ribeirão Preto, Bauru e São José do Rio Preto.

*Clipping - Este material não é de autoria da Assessoria do Deputado Federal Vanderlei Macris. São notícias selecionadas que constam a participação do parlamentar.