O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou nesta quinta-feira (17) as indicações dos líderes partidários para a composição da comissão especial do pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff. Para o deputado Vanderlei Macris (PSDB-SP), “agora é hora de saber quem está do lado do Brasil”.

Foram 433 votos favoráveis e 1 contra a indicação dos membros. A Câmara analisará o pedido de cassação apresentado pelos juristas Hélio Bicudo, Miguel Reale Jr. e Janaína Paschoal em dezembro do ano passado. Na peça, há cópia de decretos presidenciais assinados por Dilma que embasam a tese das pedaladas fiscais.

Macris lembra que Hélio Bicudo é um dos melhores juristas do País e, também, um dos fundadores do PT. O parlamentar destaque que o foco não é levantar situações de embate e, sim, de soluções. “Não cabe aos governistas insistir no discurso de golpismo ou revanchismo. É preciso encarar a realidade, reconhecer os fracassos, a incompetência administrativa e não poupar esforços para mudar essa situação.”

O deputado ainda argumentou que, na noite desta quarta, recebeu a ligação do seu filho Rafael Macris, em Americana (SP), pedindo empenho no processo. “Pai, nós confiamos no nosso País, mas ainda mais no que vocês vão fazer, a partir de agora, com o pedido de impeachment da presidente Dilma. Sejam firmes! Não esmoreçam. Estejam presentes nessa luta”, relatou.

Para o parlamentar, manifestações como a do filho e da população que buscam um país mais justo e ético sensibilizam. “Emociona quando a gente vê brasileiros de todos os cantos do País, em um processo cada mais forte e presente, reclamarem a mudança. A mudança tão necessária para esse País”, considerou.

Para conhecimento

Macris pediu ao presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que seja feita ampla divulgação dos nomes dos membros da comissão especial do impeachment para que a população conheça e, se considerar necessário, cobrar do seu representante na Câmara o posicionamento que avalie sensato ao processo.

Para ter acesso a lista dos membros da comissão especial clique aqui.