Em maio, 11 cidades passarão a ser atendidas pelo Serviço de Radioterapia do HUSF, inaugurado na última quinta-feira (22) pelo vice-governador do Estado, Rodrigo Garcia

Na última quinta-feira (22) aconteceu a abertura do Serviço de Radioterapia do Hospital Universitário São Francisco na Providência de Deus (HUSF), em Bragança Paulista, com a presença do vice-governador Rodrigo Garcia e do deputado federal Vanderlei Macris. O serviço atenderá as 11 cidades da Região Bragantina.

A abertura do setor de Radioterapia do HUSF contou com a presença ainda do secretário de Estado da Saúde, Dr. Jean Gorinchteyn; do deputado estadual Edmir Chedid; do vice-prefeito de Bragança Paulista, Amauri Sodré; do Frei Francisco Belotti, presidente nato da Associação e Fraternidade São Francisco de Assis na Providência de Deus, entidade mantenedora do HUSF; do Frei Roberto Santos, diretor administrativo da instituição; da secretária de Saúde de Bragança Paulista, Marina de Oliveira e da presidente da Câmara de Bragança Paulista, Gislene Bueno.

O HUSF foi considerado como referência em tratamento oncológico (UNACON) e em procedimentos de média e alta complexidade para 11 municípios da Região Bragantina. O serviço atenderá moradores de Atibaia, Bragança Paulista, Bom Jesus dos Perdões, Joanópolis, Nazaré Paulista, Pedra Bela, Piracaia, Pinhalzinho, Vargem, Tuiuti e Socorro.

“Esse é um importante equipamento de saúde para os moradores desses 11 municípios, que não precisarão se deslocar para regiões mais distantes para o tratamento. Também é mais um investimento do governo do Estado na saúde da região. Mais uma vez me coloco à disposição dos municípios para colaborar com as melhorias e projetos tão necessários”, destacou o deputado Macris.

O projeto faz parte do Plano de Expansão de Radioterapia, idealizado pelo Ministério da Saúde, que cedeu o acelerador linear e a obra para instalação do equipamento. O serviço trará mais qualidade de vida às pessoas que lutam contra o câncer na Região Bragantina, impedindo longos deslocamentos para outros centros, como Campinas, por exemplo.

O governo do Estado repassará R$ 960 mil anualmente para custeio deste novo atendimento, permitindo a realização de 5.760 sessões radioterápicas por ano.

“É uma satisfação a entrega deste serviço de radioterapia que será referência na região Bragantina, atendendo até 480 pessoas por mês. O serviço vai permitir que os pacientes que enfrentam a doença, num momento difícil, possam ficar próximos das suas famílias e não precisem se dirigir para tratamentos em outra região”, afirmou o vice-governador Rodrigo Garcia.