O novo presidente sugeriu até apresentação de uma PEC dando fim à reeleição

O deputado Vanderlei Macris esteve nesta quarta-feira (5) com a bancada do PSDB da Câmara dos Deputados em reunião com o presidente eleito Jair Bolsonaro. Para “destravar” o Brasil e aprovar medidas importantes, o novo presidente propôs acabar com a reeleição já no início de 2019.

Realizada no Centro Cultural Banco do Brasil em Brasília (DF), onde está instalado o gabinete de transição, Bolsonaro disse que o país tem vários entraves que dificultam o crescimento, mas que precisam ser bravamente enfrentados “Temos que destravar nossa economia e tem que ser com medidas corajosas”. O novo presidente ainda considerou que a maioria dos recém-eleitos não tomam decisões importantes por medo de não serem bem avaliados no próximo pleito. O que, segundo ele, não irá acontecer no seu mandato. “Não quero administrar pensando na reeleição, quero pensando no Brasil”, disse sugerindo a apresentação de uma Proposta de Emenda à Constituição dando fim à reeleição já no inicio dos trabalhos no Congresso Nacional em 2019. Um deputado lembrou que uma proposta já tramita no Senado, e concordaram com a aceleração da votação.

Bolsonaro pediu “humildemente” o apoio dos parlamentares tucanos para “aprovarmos o que o Brasil precisa”. E finalizou: Acredito que o futuro do Brasil está em nossas mãos.

O deputado Vanderlei Macris disse que o PSDB se manterá neutro, mas votando com o novo governo as medidas que consideram necessárias para o país voltar a crescer. “Votaremos as reformas previdenciária, tributária e política, a privatização das estatais mais onerosas e as medidas que coadunam com o estatuto do partido. A obrigação do PSDB é fazer com que o Brasil dê certo”, considerou.