*Clipping

PSDB na Câmara – 28/05/2018

O deputado Vanderlei Macris (SP) criticou movimento liderado por uma minoria extremista que pede intervenção militar no Brasil. Nesta segunda-feira (28), cerca de mil pessoas se aproveitaram da paralisação dos caminhoneiros para realizar um ato na Esplanada dos Ministérios pedindo a ação das Forças Armadas.

“Isso precisa ser repudiado. Trata-se de uma ação de quem está em um extremo e que não pensa no país, apenas pensa em se aproveitar do momento político que estamos vivendo”, rechaçou Macris.

Para o tucano, o que o país realmente precisa é viver um momento de transição, com responsabilidade de todas as partes, para que o próximo presidente, que será eleito em outubro, possa empreender as mudanças necessárias. Macris destaca que a questão vai além do preço dos combustíveis. Por essa razão, o deputado defende reformas estruturantes, como a tributária, e o corte de privilégios e gastos. “Precisamos de um tratamento de choque nesse país, e só um presidente legitimamente eleito vai conseguir fazer isso”.

Macris comentou, ainda, medidas defendidas pelo presidente do PSDB, Geraldo Alckmin, em relação à atual crise envolvendo os combustíveis.

Matéria publicada: http://psdbnacamara.com.br/2018/05/28/macris-repudia-movimento-oportunista-em-defesa-de-intervencao-militar/

*Clipping - Este material não é de autoria da Assessoria do Deputado Federal Vanderlei Macris. São notícias selecionadas que constam a participação do parlamentar.