Representantes da Sociedade Brasileira de Eubiose (SBE) entregaram para o deputado Vanderlei Macris, na manhã desta segunda-feira (23), o Manifesto Eubiótico para o Brasil. O documento é uma posição da instituição “face à grave crise econômica e moral que o Brasil atravessa”.

O manifesto foi entregue pelo coordenador-geral de Ética e Política da SBE, Fernando Leça, durante a Sessão Solene no Plenário da Câmara dos Deputados em homenagem à Sociedade Brasileira de Eubiose. O documento é uma posição da instituição “face à grave crise econômica e moral que o Brasil atravessa”.


Representantes da Sociedade Brasileira de Eubiose (SBE) entregaram para o deputado Vanderlei Macris, na manhã desta segunda-feira (23), o Manifesto Eubiótico para o Brasil. O documento é uma posição da instituição “face à grave crise econômica e moral que o Brasil atravessa”.

O manifesto foi entregue pelo coordenador-geral de Ética e Política da SBE, Fernando Leça, durante a Sessão Solene no Plenário da Câmara dos Deputados em homenagem à Sociedade Brasileira de Eubiose. O documento é uma posição da instituição “face à grave crise econômica e moral que o Brasil atravessa”.

Como soluções, a SBE reivindica o estabelecimento do Voto Distrital pleno; a avaliação da sociedade aos projetos considerados relevantes e que afetem diretamente a vida da população, por meio de democracia participativa – Plebiscito ou Referendo; a redução e simplificação dos tributos sobre o consumo, a desburocratização dos processos tributários, administrativos e de fiscalização, entre outros.

Sessão Solene

A homenagem à Sociedade Brasileira de Eubiose foi requerida pelo deputado Macris, que buscou dar conhecimento da atuação da instituição aos brasileiros.

Em discurso, o parlamentar explicou que os seguidores da doutrina eubiótica lutam pela fraternidade universal. “Muito antes do politicamente correto e de bandeiras pretensamente defensoras dos direitos mais basilares dos indivíduos, a doutrina já buscava a igualdade. Somos todos iguais, ricos e pobres, mulheres e homens, nada importando a raça, idade, sexo, gênero, crença ou nacionalidade. Enquanto não admitirmos isso de coração, e não com discursos vazios, para a Sociedade Brasileira de Eubiose estaremos distantes do equilíbrio necessário à vida coletiva e à paz individual”, disse.

Macris também foi agraciado com diploma de agradecimento da SBE.