Imprimir
Categoria: Notícias

O deputado Federal Vanderlei Macris (PSDB-SP) participou, nesta terça-feira (17), da 33ª convenção mundial da moda, a World Fashion Convention, que acontece no Rio de Janeiro. O parlamentar informou que foi indicado membro da comissão que analisará o Projeto de Lei do Executivo que pretende reonerar a folha de pagamento para 50 setores da economia, entre eles Têxtil e Confecção.

Em sua participação no evento, o parlamentar, líder da Frente Parlamentar Mista José Alencar pelo Desenvolvimento da Indústria Têxtil e da Confecção na Câmara dos Deputados, destacou a importância do setor para o Brasil. “O País tem uma das maiores cadeias têxteis do mundo, com 33 mil empresas no território nacional que empregam, diretamente, 1,5 milhão de trabalhadores, a maioria mulheres e que são chefes de família”, disse.


O deputado Federal Vanderlei Macris (PSDB-SP) participou, nesta terça-feira (17), da 33ª convenção mundial da moda, a World Fashion Convention, que acontece no Rio de Janeiro. O parlamentar informou que foi indicado membro da comissão que analisará o Projeto de Lei do Executivo que pretende reonerar a folha de pagamento para 50 setores da economia, entre eles Têxtil e Confecção.

Em sua participação no evento, o parlamentar, líder da Frente Parlamentar Mista José Alencar pelo Desenvolvimento da Indústria Têxtil e da Confecção na Câmara dos Deputados, destacou a importância do setor para o Brasil. “O País tem uma das maiores cadeias têxteis do mundo, com 33 mil empresas no território nacional que empregam, diretamente, 1,5 milhão de trabalhadores, a maioria mulheres e que são chefes de família”, disse.

Macris também comunicou que foi indicado pelo PSDB como membro da Comissão Especial que analisará o Projeto de Lei 8.456/2017, do Executivo, proposta que reonera a folha de pagamento para 50 setores da economia. Segundo Macris, nesta atual situação de crise o momento é inoportuno para onerar a produção quando se inicia uma pequena retomada de crescimento da economia, em especial contra o Setor Têxtil e da Confecção, e o PL precisa “ser revisto”. “O governo Federal não pode fechar as portas para esse tradicional e importante setor. Precisa ampliar o diálogo e estar vigilante, atento a essa indústria que é de alta empregabilidade.”

A 33rd World Fashion Convention acontece até esta quarta-feira, dia 18, no Rio de Janeiro. É a primeira vez que o evento é realizado no Brasil.

Informações adicionais no site www.iafconventionbrazil.com.br.