O radialista Valdir Moreira, da Rádio Azul Celeste, de Americana (SP), foi encontrado morto pela filha na manhã deste domingo (10) na sua residência. O deputado Vanderlei Macris lamentou a perda e disse que a “imprensa regional perde hoje um grande ícone do jornalismo”.

Os bombeiros informaram que há indícios de morte natural, já que não havia sinais de violência e nem de arrombamento na residência do repórter policial. Na página da rádio nas redes sociais, a Azul Celeste informou que ele teve um infarto fulminante.

Moreira tinha 47 anos.

Nota de Pesar

O deputado Vanderlei Macris lamentou a perda e publicou nota de Pesar. A íntegra segue abaixo:

“A imprensa regional perde hoje um grande ícone do jornalismo. Valdir Moreira nos deixou tão cedo. Permeou pelas diversas vertentes da comunicação: apresentador, repórter, fotógrafo e cinegrafista. Com o advento das novas tecnologias, eram dele muitas imagens que os grandes veículos utilizavam ao transmitir a notícia. Isso porque onde havia um acontecimento, lá estava Valdir. Como homem público, tive a oportunidade de prestar contas do meu trabalho inúmeras vezes no seu programa, uma parceria de longa data. Valdir tinha preocupação com seu público, na prestação de serviço de qualidade através da informação.

É uma grande perda para todos.

Nosso profundo pesar aos familiares e amigos.

Vanderlei Macris”