Deputado Vanderlei Macris participou da reunião que aconteceu na Presidência do Senado

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, se reuniu com o presidente do Senado, Eunício Oliveira, na tarde desta quarta-feira (9) em Brasília (DF). O deputado Vanderlei Macris, que participou do encontro, disse que o governador pediu a Eunício que não paute o Projeto de Resolução do Senado (PRS) 55/2015, que define um teto para a cobrança, pelos estados, do imposto que incide sobre o querosene de aviação.

Alckmin avalia que, se aprovada, a medida poderá criar um "problema fiscal". "Os estados e municípios têm uma situação fiscal de muito rigor, de grande dificuldade na questão fiscal. Esses recursos [do ICMS sobre querosene de aviação] estão previstos em todos os orçamentos. Uma redução de 25% para 12%, imediata, acaba causando um problema fiscal nos estados e municípios", disse.

Além da reunião com Eunício, Alckmin aproveitou a vinda à capital do País para se reunir com o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, e o presidente interino do PSDB, senador Tasso Jereissati (CE).