O deputado Federal Vanderlei Macris (PSDB-SP) tomou posse como líder da Frente Parlamentar Mista José Alencar pelo Desenvolvimento da Indústria Têxtil e da Confecção na Câmara dos Deputados nesta quarta-feira (3). Na cerimônia, o parlamentar disse que será um “instrumento de luta desta cadeia produtiva tão importante na economia brasileira”.

Ao se colocar como ferramenta do setor, Macris informou que o trabalho à dianteira da Frente Parlamentar será conduzido a “quatro mãos”. “Não quero, absolutamente, tomar a iniciativa sem que possamos juntos ter discutido as ações.”

O grupo legislativo, que é misto - Câmara e Senado -, é composto por 253 deputados e 15 senadores. O líder na outra Casa legislativa é o senador Dalirio Beber (PSDB-SC).

“Envolvendo esse número de deputados mais o número de senadores, tenho absoluta certeza que nós daremos passos adiante na luta e nos interesses no nosso segmento da indústria têxtil e de confecção”, considerou Macris.

Ao transmitir a liderança, o ex-coordenador da Frente, deputado Henrique Fontana (PT-RS), enfatizou a dificuldade do trabalho, mas também avaliou ser de grande importância. “Essa batalha é árdua, essa batalha é longa, mas é uma batalha extremamente justa. Todos os países que abandonaram a sua indústria de confecção e têxtil se arrependeram em período posterior, e já num período em que não era possível reverter a situação dessa indústria tão importante para geração de emprego e riquezas.”

Reunião marcada

A primeira pauta definida pelo deputado Macris é uma agenda com o ministro Aloysio Nunes, da pasta das Relações Exteriores. A audiência, no próximo dia 17, será para debater a exportação brasileira e a importação de produtos chineses.