Segundo o parlamentar, é fundamental “fortalecer a indústria nacional”

O deputado Vanderlei Macris (PSDB-SP) participou na última quarta-feira (15), no Palácio do Planalto, em Brasília (DF), de reunião com o ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, e diretores de empresas brasileiras para defender o conteúdo local nacional na construção de plataformas de exploração de petróleo e em investimentos na área. O Planalto decidiu adiar a decisão, que ficou para a próxima semana.

Em janeiro, a Petrobras anunciou a exclusividade da participação de empresas estrangeiras no leilão para a conclusão do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj), o que, para o deputado Vanderlei Macris, e demais membros da Frente Parlamentar da Indústria de Máquinas e Equipamentos – FPMAQ, não pode prevalecer. “Especialmente neste momento de crise, é fundamental, com o devido conhecimento e tecnologia, fortalecer a indústria nacional”, considera Macris.

Também participaram da reunião os deputados Ronaldo Lessa (PDT-AL), Mauro Pereira (PMDB-RS), Jerônimo Goergen (PP-RS) e Paulinho da Força (SD-SP); o subchefe de análise e acompanhamento de políticas governamentais da Casa Civil, Marcelo Guaranys; o presidente executivo e o vice-presidente da Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq), José Velloso e Walter Filippetti; Márcio Fortes, diretor da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan); e presidentes e diretores da Federação Nacional dos Engenheiros (FNE); do Sinaval; da Federação Única dos Petroleiros; do Isitec; do Sindicato da Arquitetura e Engenharia (Sinaenco); do Sinaenco; da Fisenge; e da Força Sindical.