Repercutiu na imprensa a aprovação do requerimento do deputado Vanderlei Macris (PSDB-SP) para levar o ex-diretor da área internacional da Petrobras, Nestor Cerveró à Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara dos Deputados.

O ex-executivo deve esclarecer o caso da compra pela Petrobras de 50% de uma refinaria de Pasadena, por um valor 30 vezes maior do que a empresa sócia teria pago havia um ano. A compra foi autorizada pela, então, ministra da Casa Civil e hoje presidente da República, Dilma Rousseff.

Estadão.com:Câmara quer ouvir ex-diretor da Petrobrás e Mantega sobre refinaria