O deputado Vanderlei Macris (PSDB-SP) participou, na manhã desta quarta-feira (14), no Palácio do Planalto, da cerimônia de anúncio de Novas Ações de Gestão para a Melhoria da Saúde Pública. O governo Michel Temer informou o repasse de recursos para UPAs, Santas Casas e vacinas com a economia de R$ 1 bilhão alcançadas com o corte de cargos comissionados e aluguel.

Em Brasília (DF), a secretária de Saúde de Americana, Dra. Mirella Povinelli, acompanhou o deputado Macris no evento.

O ministro da Saúde Ricardo Barros destacou a economia de mais de R$ 1 bilhão feita nos últimos 4 meses. Do montante, R$ 182 milhões serão destinados, por ano, para 99 Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) em funcionamento. Duzentos e dezesseis santas casas e hospitais filantrópicos receberão R$ 372 milhões por ano. Outros R$ 227 milhões servirão para a produção de vacina contra meningite e, de acordo com o ministro, outros R$ 222 milhões já foram usados na compra de medicamentos.

“São recursos de grande importância para uma área fundamental para os brasileiros”, disse o deputa Vanderlei Macris.

Controle

O presidente Michel Temer diz ter economizado R$ 12,5 milhões por ano ao cancelar 417 cargos de confiança que estavam lotados no Ministério da Saúde, na Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e na Fundação Nacional de Saúde (Funasa).

A revisão de 29 contratos de aluguel ainda permitirá a economia de R$ 52,2 milhões por ano.

O presidente Temer ressaltou a importância do controle. “Sem uma política fiscal responsável, a Saúde não tem viabilidade financeira.”