'Não tem renúncia', afirmou deputado ao entrar no plenário da Casa.

Líder do DEM já disse que pedirá novas eleições para a presidência.

*Clipping

G1 - 17/05/2016 18h19

Nathalia Passarinho

O presidente em exercício da Câmara, Waldir Maranhão (PP-MA), entrou no plenário da Casa no fim da tarde desta terça-feira (17) para presidir sessão de votação.

O presidente interino da Câmara dos Deputados, Waldir Maranhão (PP-MA), está enfrentando forte confronto no comando da Casa Legislativa. Muito criticado após tentar anular a aprovação da continuidade do processo de impeachment de Dilma Rousseff, o parlamentar reiterou na última sexta-feira (13) que não vai renunciar, mas, desta maneira, nada está sendo votado.

Segundo o deputado Vanderlei Macris, o ato de Maranhão ter ignorado a vontade da ampla maioria dos deputados e dos brasileiros foi um afronto à democracia.

O deputado Vanderlei Macris acompanhou o prefeito de Nova Odessa (SP) nesta terça-feira (17) em reuniões no Ministério das Cidades e no Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit). Os compromissos foram para tratar de demandas do município.

*Clipping

Cola na Grade - 14/05/2016

O prefeito Omar Najar esteve presente, nesta sexta-feira (13), na solenidade de inauguração da escola estadual Profª Ornella Rita Ferrari Sacilotto, situada no Parque Novo Mundo. O ato contou com a presença do secretário de Educação do Estado de São Paulo, José Renato Nalini. Durante a cerimônia, o governo do Estado oficializou a entrega de mais duas escolas no município, que receberam a denominação de Profª Leny Boer, construída no Jardim Boer, e Profª Maria Padovani de Oliveira, situada no Jardim Letônia.

*Clipping

Caism – 13/05/2016

Em 2015, o Deputado Vanderlei Macris indicou ao Caism uma emenda parlamentar no valor de R$ 500.000,00 (quinhentos mil Reais) para incorporação de equipamentos médico-hospitalares.

*Clipping

PSDB na Câmara – 12/05/2016

Deputados do PSDB criticaram nesta quinta-feira (12) a postura política do PT que, antes mesmo de confirmado o afastamento de Dilma Rousseff, anunciou que irá votar contra todos os projetos do presidente em exercício, Michel Temer. Além disso, a gestão petista se recusou a fazer qualquer transição de governo, prejudicando ainda mais o Brasil.

A abertura do afastamento da presidente Dilma foi aprovada na manhã desta quinta-feira (12) pelo Senado em sessão de quase 20 horas. O deputado Vanderlei Macris postou no seu Instagram a larga vantagem pelo impeachment que surpreendeu até na oposição: 55 a 22.

O resultado do processo por crime de responsabilidade foi divulgado pouco depois das 6h30.

O deputado Vanderlei Macris recebeu, em Brasília (DF), nesta terça-feira (10), os membros do Hospital da Mulher Prof. Dr. José Aristodemo Pinotti - Centro de Atenção Integral à Saúde da Mulher - Caism/Unicamp, que vieram agradecer os recursos para a entidade.

*Clipping

PSDB na Câmara – 03/05/2016

O deputado Pedro Vilela (AL) assumiu nesta terça-feira (3) a presidência da Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional (CREDN) com a expectativa de valorizar as questões que contribuam efetivamente para o Brasil avançar nos temas do colegiado. “Será um ano de muito trabalho e um grande desafio, mas pretendo conduzir os trabalhos ouvindo todos os membros, de maneira imparcial e republicana”, destacou o tucano logo após encerrar os trabalhos na 1ª reunião do colegiado. O também tucano Luiz Carlos Hauly (PR) foi eleito primeiro vice-presidente.

*Clipping

PSDB na Câmara – 03/05/2016

Deputados do PSDB destacaram nesta terça-feira (3) o simbolismo do início do revezamento da tocha olímpica pelo território brasileiro. Para os tucanos, há sim motivos para comemorar diante da proximidade dos Jogos. No entanto, lembraram a existência de algumas falhas que não podem ser ignoradas, principalmente no que diz respeito à conclusão das obras prometidas.

O PSDB entregou nesta terça-feira (3) ao vice-presidente Michel Temer o documento chamado “Princípios e valores para um novo Brasil”.

O deputado federal Vanderlei Macris (PSDB-SP) explica que são 15 propostas consideradas importantes para a restauração do equilíbrio das contas públicas, combate à inflação e apoio à Operação Lava Jato. “São tópicos que analisamos e consideramos fundamentais para a reestruturação do Brasil”, argumenta o parlamentar.

Carta de Formulação e Mobilização Política - Segunda-feira, 2 de maio de 2016 - nº 1.353. Concluída às 11h14

A presidente da República teria feito melhor se, ao invés de discursar por ocasião do 1° de Maio, tivesse descido do palanque e ido distribuir panfletos no Vale do Anhangabaú

 

Dilma Rousseff desceu ontem mais alguns degraus rumo à insignificância que a história lhe reserva. A presidente da República teria feito melhor se, ao invés de discursar, tivesse descido do palanque e ido distribuir panfletos no Vale do Anhangabaú. Casaria melhor com o teor do pronunciamento que fez por ocasião do Dia do Trabalho.

 

*Clipping

PSDB na Câmara – 26/04/2016

Deputados do PSDB acompanharam a sessão da comissão especial do impeachment no Senado que elegeu Antonio Anastasia (PSDB-MG) relator nesta terça-feira (26). Os tucanos destacaram o comprometimento do parlamentar com o andamento equilibrado e absolutamente legal do processo. Indicado pelo bloco parlamentar da Oposição (PSDB-DEM-PV), o tucano foi eleito por 16 votos a favor e apenas cinco contra.

*Clipping

PSDB na Câmara – 22/04/2016

A Esplanada dos Ministérios continua desfalcada. Mesmo com a escolha de novos ministros, o clima de paralisia deve continuar. Das 32 vagas, cinco ainda continuam sem titulares mesmo após quatro nomeações que ocorreram nesta sexta-feira (22). O deputado Vanderlei Macris (SP) acredita que a grande quantidade de pastas sem ministros mostra que o governo Dilma chegou ao fundo do poço.

Carta de Formulação e Mobilização Política - Terça-feira, 19 de abril de 2016 - nº 1.346. Concluída às 11h29

Dilma recorre à sua persona guerrilheira para posar de vítima do impeachment e mártir da democracia. Aferra-se ao passado porque não tem um presente com que se defender

pronunciamento seguido de entrevista coletiva feito ontem por Dilma Rousseff teve como único objetivo talhar o figurino com que ela pretende passar para a história após tornar-se o segundo presidente da República do Brasil a sofrer impeachment. A petista tenta construir uma narrativa em que lhe caibam os papéis de vítima e de mártir da democracia. Tão falsa como uma nota de três reais.

A Câmara dos Deputados aprovou na noite deste domingo (17) o relatório do impeachment da presidente Dilma Rousseff com 367 votos favoráveis, quando eram necessários 342. O deputado Vanderlei Macris (PSDB-SP) disse que seu voto sim foi motivado pelo compromisso com os “brasileiros de bem”.

Deputados federais aprovaram admissibilidade do processo de impeachment de Dilma

*Clipping

Futebol Interior - 17/04/2016

por Ariovaldo Izac - Memórias do Futebol - Campinas

Quero parabenizar a bancada evangélica na Câmara Federal que teve juízo. Temente a Deus, ela bem soube discernir que um partido corrupto como o PT não pode continuar no poder. Por isso votou sim ao início do processo de impeachment da presidente Dilma.

O deputado Vanderlei Macris recebeu homenagem dos parceiros do interior de São Paulo pelo voto a favor do impeachment da presidente da República neste domingo (17) na Câmara dos Deputados.

Em entrevista a Jovem Pan Online, o deputado federal Vanderlei Macris (PSDB-SP) diz que a presidente Dilma Rousseff “realmente não tem condições de continuar governando”, por isso a abertura do seu processo de impeachment é iminente.

A maioria dos brasileiros já deixou claro que deseja o impeachment de Dilma Rousseff e o fim da era PT no governo do país. Atentos a essa vontade, deputados tucanos ouvidos pelo Portal do Instituto Teotônio Vilela (ITV) confirmam que, no próximo dia 17, estarão presentes no Plenário da Câmara para dizer "sim" ao afastamento da presidente e ao início de um novo ciclo para o Brasil.

*Clipping

Valor Econômico – 11/04/2016

BRASÍLIA - A aprovação do relatório que recomenda o impeachment da presidente Dilma Rousseff nesta segunda-feira (11) foi amplamente comemorada pela oposição, que viu o resultado como uma mostra de que a votação do processo pelo plenário da Câmara dos Deputados também será pelo impedimento da petista.

*Clipping

PSDB na Câmara - 11/04/2016

Deputados do PSDB que participam da longa reunião da comissão do impeachment iniciada no meio da tarde da sexta-feira voltaram a defender enfaticamente o afastamento da presidente Dilma pelo Congresso.  A sessão foi aberta pouco depois das 15h e entrou pela madrugada de sábado (9), terminando às 4h43. Ao todo, 12 tucanos inscritos tiveram a oportunidade de expor argumentos a favor da saída da petista do Planalto. 

*Clipping

Folha de S.Paulo – 11/04/2016

A aprovação do relatório que recomenda o impeachment da presidente Dilma Rousseff nesta segunda-feira (11) foi amplamente comemorado pela oposição, que viu o resultado como uma mostra de que a votação do processo pelo plenário da Câmara dos Deputados também será pelo impedimento da petista.

Foi aprovado na noite desta segunda-feira (11), na Câmara dos Deputados, o relatório para o impeachment da presidente Dilma Rousseff. O pedido de afastamento agora será votado no Plenário da Casa no próximo domingo.

Foram 38 votos favoráveis contra 27 na Comissão Especial do Impeachment, que tinha, em sua maioria, a maior parte dos membros em defesa da presidente da República. 

*Clipping

Extra - 11/04/2016

Reuters

BRASÍLIA (Reuters) - Parlamentares governistas acreditam que a votação nesta segunda-feira na comissão especial do impeachment do relatório sobre a admissibilidade da denúncia de crime de responsabilidade contra a presidente Dilma Rousseff será apertada, ante expectativa da oposição de aprovação do parecer com margem de até 70 por cento de apoio.